Detefon parte para a eternidade e é citado na Arena pela morte

Redação Online

Fotos: Bira Costa e Juvenil

Ariovaldo Wendt faria em agosto 91 anos e foi adotado carinhosamente pela comunidade tapense como cidadão

DetefonNeste domingo (22), de 2016, partiu para a eternidade o conhecido e popular “Detefon”. Tapense de coração, Ariovaldo Wendt, faria em agosto (16), 91 anos de vida.

Em 2015, a família celebrou os 90 anos com uma festa muito particular e emocionante.

Detefon deixou seis filhos, sendo seis mulheres, cinco netos e cinco netas, mais quatro bisnetos.

Na ocasião o Portal Online Comunicações fez uma entrevista na casa de Ariovaldo, que demonstrava lucidez, tranquilidade e bom estado de saúde.

Durante a conversa contou as boas e velhas histórias de vida, bem como, o carinho pelo município que lhe acolheu, Tapes.

Biografia

Detefon foi um atleta profissional de futebol bastante reconhecido e muito citado pela crônica esportiva gaúcha, nos programas especializados.

Nascido em Porto Xavier, no RS, exatos no dia 16 de agosto de 1925, é o quarto filho de Nuno e de Alice Wendt, de um total de seis irmãos.

Sua carreira esportiva, embora curta durou sete anos, devido a uma lesão grave no joelho, na época, por conta da ausência de um tratamento mais qualificado na década de 40; marcou gols pelo Força e Luz de Porto Alegre, no Grêmio e no Lajeadense, tendo disputado muitos campeonatos.

Mas o que lhe marcou sempre a vida, fora o carinhoso apelido, surgido ainda na época do Força e Luz, por um funcionário do clube, pois por uma coincidência, o produto havia sido lançado e, em face de um confronto com o Internacional, o mesmo funcionário dissera que o Força e Luz iria passar o Detefon no Inter.

Por conta da sua morte, o Consulado Gremista de Tapes prestou homenagem ao ex-atleta. Igualmente, antes do começo da partida entre Grêmio e Flamengo, na Arena, houve um minuto de silêncio, em respeito à Detefon.

Outro clube que da mesma forma prestou homenagem foi o Grêmio Esportivo Juvenil, através de uma publicação onde mostrava a foto dos tempos de 40/50 em que Detefon jogou no clube, com outras personalidades locais.

Ariovaldo era viúvo de Eva Alfonsin Wendt.Detefon

Um pouco da sua história representando o nosso tricolor de Porto Alegre.

*Consulado do Grêmio de Tapes (Rodrigo Moraes)

ARIOVALDO WENDT

Apelido: Detefon.

Posição: Atacante (Ponteiro esquerdo)

Data de nascimento: 16 de agosto de 1925, em São Luiz Gonzaga, RS.

Jogos pelo Grêmio: 67 (43 vitórias; 10 empates; e 14 derrotas). Marcou 27 (vinte e sete) gols.

Estreia no Grêmio:

18.11.1948 - Grêmio 2 x 1 EC Corintians (PoA) (Ex Força e Luz)

GFBPA: Júlio Petersen, Clarél e Johny; Danton, Touguinha (Nélson Adams) e Alegretti; Teotônio, Hermes, Geada, Marimba e Detefon (Pelado). Técnico: Selviro Rodrigues da Silva

Última partida pelo Grêmio:

18.11.1951 - Grêmio 1 x 2 Nacional AC (PoA)

GFBPA: Sérgio Moacyr, Danton e Bexiga; Orly, Pedrinho e Bentevi; Ferraz, Vasconcelos, Geada, Sano e Detefon. Técnico: Luiz Biscardi

ANO A ANO NO GRÊMIO (jogos pelo time principal)

1948 – 06 jogos; 03 vitórias; 02 empates; 01 derrota.

1949 – 32 jogos; 22 vitórias; 06 empates; 04 derrotas.

1950 – 15 jogos; 08 vitórias; 02 empates; 05 derrotas.

1951 – 14 jogos; 10 vitórias; 04 derrotas.

CARREIRA

Grêmio Ijuiense (RS) (1940 a 1945), Força e Luz (RS) (1946 a 1948), Grêmio (RS) (1949 a 1951), Lajeadense (RS) (1952).

TÍTULOS PELO GRÊMIO

1949 - Campeão do Torneio de Honra de Porto Alegre

1949 - Campeão do Citadino de Porto Alegre

1949 - Campeão Gaúcho

Tags: Ariovaldo Wendt, Cidadão Atleta, Detefon, online, Tapes

Enviar comentário

voltar para Tapes

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||