Seis escolas estaduais de Pelotas irão receber R$ 1 milhão para obras

Publicado por bira costa em 05/07/2018 às 18h58

Fonte: Diário da Manhã de Pelotas/foto: Rogério Salazar

governoConcentrado em melhorar o ambiente escolar para qualificar o ensino público, o governo do Estado assinou, a liberação de R$ 53,3 milhões do Programa Autonomia Financeira 2018, que beneficiará 349 escolas da rede pública estadual.

A cidade de Pelotas conta com seis instituições de ensino contempladas, totalizando R$ 1,1 milhão em investimentos.

O ato ocorreu no Palácio Piratini e teve a presença do governador José Ivo Sartori e dos secretários da Educação, Ronald Krummenauer, e de Obras, Saneamento e Habitação, Rogério Salazar.

Os recursos são provenientes do Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento (Bird) e do salário-educação.

Os valores serão repassados diretamente para cada instituição de ensino e devem ser utilizados, exclusivamente, em reformas e ampliações.

Esta é a terceira edição do programa, iniciado em 2016 e que já atendeu 1.002 demandas, totalizando R$ 134 milhões.

Sartori disse que todo o esforço do governo é voltado para recolocar o Rio Grande do Sul, aos poucos, no topo dos rankings educacionais do país. “Melhorar a qualidade é nossa obrigação enquanto governo e não fugimos dessa responsabilidade.

A educação é o melhor caminho para que possamos reverter os índices negativos e corrigir os problemas que estamos enfrentando, refletidos em especial na segurança”, afirmou.

Natural de Pelotas, o secretário Rogério Salazar destacou que as obras elevarão o patamar das escolas, garantindo mais conforto e bem-estar aos estudantes e comunidade escolar.

“O governo do Estado seguirá trabalhando para melhorar todas as escolas públicas. Investir em escolas é apostar nas próximas gerações e no poder transformador da educação”, disse, lembrando que duas instituições de ensino já estão recebendo investimentos na cidade: a Escola Parque do Obelisco (R$ 130.798,77) e a Escola Dr. Amilcar Gigante (R$ 121.949,06).

Krummenauer destacou que praticamente todos os municípios gaúchos tiveram ou terão obras de autonomia financeira nas escolas.

ESCOLAS CONTEMPLADAS

  • Colégio Estadual Dom João Braga – R$ 330 mil
  • Escola Estadual de Ensino Fundamental Rachel Mello – R$ 150 mil
  • Colégio Estadual Félix da Cunha – R$ 150 mil
  • Escola Estadual de Ensino Fundamental Prof. Ondina Cunha – R$ 150 mil
  • Nossa Senhora de Fátima – R$ 150 mil
  • Escola Estadual de Ensino Fundamental Parque Obelisco – R$ 150 mil
Tags: Escolas Estaduais, Governo do Estado, online, Pelotas, Tapes

Enviar comentário

voltar para Política

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||