Municípios preocupados com laudos da Fepam sobre balneabilidade

Publicado por Bira Costa em 16/01/2015 às 11h03

Redação Online

Fotos: Bira Costa e arte site da Fepam

Em Tapes, nova amostra desta semana aponta outro local impróprio ao banho. Secretaria do Meio Ambiente e Conselho do Meio Ambiente devem cobrar da Corsan obras de saneamento

Praias de Tapes 2015As praias de água doce têm sofrido, neste Verão 2015, com os semanais relatórios da Fepam sobre a balneabilidade das praias que oferecem ou não condições para banho.

De novembro até esta semana, já foram colhidos nove amostras, em nove campanhas, como destaca o órgão estadual, em diversos balneários de água salgada e doce.

Centralizando em Tapes, esta análise da Fepam, semanalmente, tem sido colhidas amostras, precisamente, em apenas dois pontos da Lagoa dos Patos: Praia do Pontal e Camping dos Pinheirais.

Convém salientar que, em outros pontos da laguna, como junto aos camping´s União, Geraldo Santana e Recanto da Lagoa, nestes, não há coleta de possíveis resíduos pela Fepam, o que pode estar trazendo distorções nesse aspecto, apontam responsáveis pelos camping´s.

Conforme a secretaria municipal do Meio Ambiente de Tapes, a Fepam tem autonomia para escolher onde colher as amostras. As coletas em todos os balneários teve início em novembro de 2014.

Segundo o site da Fepam informa, os primeiros resultados do Projeto Balneabilidade para o período 2014-2015 indicavam, na ocasião, a condição de próprio para todos 57 pontos monitorados no Litoral  Norte (33 pontos), Médio (19) e Sul (cinco).

Também estavam próprios para banhos os 12 pontos na Bacia Hidrográfica do Uruguai. Apenas na Região Hidrográfica do Guaíba aparecem condições impróprias para banho em cinco dos 14 balneários monitorados. São eles: Balneário Passo Verde, no Rio Vacacaí, em Santa Maria; Balneário Praia do Encontro, no Rio Jacuí, em São Jerônimo; Praias da Alegria e da Florida, no Lago Guaíba, em Guaíba e Praia Recanto das Mulatas, também no Lago Guaíba, em Barra do Ribeiro.

Cobranças e perdas

De lá para cá, após todas as cidades passarem a receber turistas e banhistas, as condições de balneabilidade começaram a cair na estatística do órgão. Praias em Tapes como do Camping dos Pinheiras que, até este momento, não apresentavam risco de contaminação passou a figurar, nesta última análise divulgada nesta quinta-feira (15), de janeiro, com um alto índice de coliformes fecais (Escherichia coli).Pinvest

A explicação inicial de uma técnica da Fepam sobre isso é a seguinte.

No site da Fepam, de acordo com a chefe do Departamento de Qualidade, Planejamento e Infraestrurura da FEPAM, Ana Rosa Severo Bered estes pontos apresentam esta condição de impróprios de forma frequente há vários anos e são indicativos de deficiência no sistema de esgotamento.

Outro fator que pode alterar as condições de balneabilidade são as chuvas da chuva que quando drenadas podem carregar matéria orgânica para os corpos hídricos.

Ainda em Tapes, campistas e proprietários e administradores de campings estão preocupados com o atual quadro e, contestam as análises, por exemplo, em determinados pontos da laguna.

Eles consideram que as amostras, estão localizadas em determinados pontos do município onde há o despejo de dejetos, via sistema de tubulações, o que inevitavelmente, impacta nas condições de sanidade das águas.

Muitos camping´s da cidade também reclamam que estão recebendo muitas ligações de hóspedes de outras cidades e, temerosos questionam das condições das águas doces em Tapes. Muitos estão, inclusive, desistindo de passar suas férias no município.

O Portal Online buscou saber da secretária do Meio Ambiente de Tapes, Veridiana Rödel Viégas, sobre esta última análise da Fepam.

Praia do UConforme destaca a secretária de Tapes, o Poder Público Municipal irá verificar ainda hoje (sexta-feira), com o órgão estadual sobre estas amostras.

“Estamos entrando em contato com o órgão para verificar as análises”, salientou.

Ela esclarece que poderá ser possível a solicitação para a Fepam que analise outros pontos das praias de Tapes.

A secretária acredita que, se, novamente, os mesmos pontos apresentaram alteração, é pelo fato de estarem com algum problema, contudo, está preocupada com a “imagem” do município frente a isso.

“É um prejuízo, mas não é somente aqui em Tapes, em outras praias a balneabilidade também está apresentando problemas”, ressaltou Veridiana.

Por fim informou à reportagem que, dentro do Conselho do Meio Ambiente e junto de sua secretaria estão discutindo este problema local, juntamente com a Corsan, para obterem uma resolução mais imediata possível, em função, inclusive, do contrato existente para este fim, entre as partes “temos um contrato e ele deve ser cumprido”.

 

ACOMPANHE OS LAUDOS DE BALNEABILIDADE AQUI:

http://www.fepam.rs.gov.br/qualidade/balneabilidade.asp

Praia do U Tapes 

VEJA OS ÚLTIMOS RESULTADOS DA FEPAM, DIA 15 DE JANEIRO DE 2015:

Balneabilidade na Região Hidrográfica do Litoral

 LITORAL NORTE:

Próprios

Arroio do Sal, Arroio do Sal

Balneário Pinhal, Balneário Pinhal

Magistério, Balneário Pinhal

Arroio Teixeira, Capão da Canoa

Capão da Canoa, Capão Novo

Capão da Canoa, Capão da Canoa – Guarita 73

Capão da Canoa, Capão da Canoa – Guarita 76

Capão da Canoa, Capão da Canoa – Guarita 80

Balneário de Araçá, Capão da Canoa

Cidreira, Cidreira - Guarita 183

Cidreira, Cidreira - Guarita 187

Costa do Sol, Cidreira

Santa Terezinha, Imbé

Mariluz, Imbé

Imbé, Imbé – Guarita 134

Imbé, Imbé – Foz do Rio Tramandaí

Atlântida Sul, Osório

Lagoa do Horácio, Osório

Camping Municipal, Santo Antônio da Patrulha

Praia dos Molhes, Torres

Praia Grande, Torres

Praia da Cal, Torres

Praia de Itapeva, Torres

Praia da Guarita, Torres

Prainha, Torres

Tramandaí, Tramandaí – Guarita 145

Tramandaí, Tramandaí – Plataforma

Nova Tramandaí, Tramandaí

Jardim Atlântico, Tramandaí

Atlântida, Xangri-lá

Xangri-lá, Xangri-lá

Rainha do Mar, Xangri-lá

Impróprios

Lagoa do Peixoto, Osório

 LITORAL MÉDIO:

Próprios

Praia do Bacoparí, Mostardas

Balneário Quintão, Palmares do Sul

Balneário do Mar Grosso – Vila dos Pescadores, São José do Norte

Balneário do Mar Grosso – Acesso Principal, São José do Norte

Praia das Nereidas, São Lourenço do Sul

Camping Municipal Lagoa dos Patos, São Lourenço do Sul

Praia das Ondinas, São Lourenço do Sul

Praia da Barrinha, São Lourenço do Sul

Balneário do Cassino – Molhes, Rio Grande

Balneário do Cassino, Rio Grande

Balneário do Cassino, Rio Grande

Balneário do Cassino, Rio Grande

Balneário do Cassino, Rio Grande

Balneário do Cassino, Rio Grande

Camping Municipal, Cristal

Praia da Capilha, Rio Grande

 

Impróprios

Arambaré, Arambaré

Tapes, Tapes

Camping dos Pinheirais, Tapes

 

LITORAL SUL:

Próprios

Balneário do Pontal, Arroio Grande

Camping Municipal, Pedro Osório

Balneário do Porto, Santa Vitória do Palmar

Praia do Hermenegildo, Santa Vitória do Palmar

Praia do Chuí, Santa Vitória do Palmar

 

Balneabilidade na Região Hidrográfica do Guaíba:

Próprios

Balneário das Tunas, Restinga Seca

Praia de Fora, Viamão

Praia da Pedreira, Viamão

Praia das Pombas, Viamão

Impróprios

Praia Nova, Cachoeira do Sul

Balneário Nova Palma, Nova Palma

Balneário Passo do Verde, Santa Maria

Praia Recanto das Mulatas, Barra do Ribeiro

Praia Carlos Larger, Candelária

Balneário Cachoeirinha, General Câmara

Praia da Alegria, Guaíba

Praia da Florida, Guaíba

Santa Vitória, Rio Pardo

Praia do Encontro, São Jerônimo

 

Balneabilidade na Região Hidrográfica do Uruguai:

Próprios

Balneário Caverá, Alegrete

Passo do Silvestre, Itaqui

Balneário Fernando Schilling, Jaguari

Camping Rainha do Sol, Manoel Viana

Balneário de Mata, Mata

Balneário Passo do Umbú, São Vicente do Sul

Impróprios

Balneário São Simão, Cacequi

Praia do Passo Real, Dom Pedrito

Praia das Areias Brancas, Rosário do Sul

Balneário Distrito Ernesto Alves, Santiago

Balneário de Jacaquá, São Francisco de Assis

Balneário Poço das Pedras, São Francisco de Assis

Monitoramento segue até março

- As amostragens do Projeto Balneabilidade 2014-2015 iniciaram-se no fim de semana de 15/11/2014 e se estenderão até 01/03/2015.

- As placas que indicam a condição de banho estão instaladas junto aos locais de amostragem. Os pontos monitorados estão assim distribuídos:

Região Hidrográfica do Guaíba: 14

Região Hidrográfica do Uruguai: 12

Região Hidrográfica do Litoral: 57, sendo 33 pontos no Litoral Norte, 19 no Litoral Médio e 5 no Litoral Sul.

- As coletas são realizadas aos sábados, domingos e segundas-feiras (dias de maior frequência de banhistas nas praias);

- Parâmetros analisados: Coliformes fecais em NMP/100 mL (número mais provável em 100 mililitros de água) e Escherichia coli em NMP/100 mL (número mais provável em 100 mililitros de água);

Categoria: Turismo
Tags: Balneabilidade, Fepam, online, Praias de Tapes, Tapes

Comentários

Marciley Gudaites em 17/01/2015 02:57:51
Ola! Eu estive em Tapes 30/12/14
Quando fui retornar para
Sao PauLO. MEU FILHO FICOU DOENTE.
Deu Diarreia e vomito
Quase que nao poderiamos viajar
Poderia ser por causa da agua contasminada com COLIFORMES FECAIS.

O medico do ambulario do AEROPORTO
DISSE QUE DEVERIA SER POR CAUSA DA AGUA CONTAMINDA
E ESCESSIVA EXPOSICAO AO SOL
OBRIGADA PELA ATENCAO
ASS:Marciley/GAUCHA

Enviar comentário

voltar para Notícias

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||