Câmara de Guaíba escolhe novo integrante da mesa-diretora

Fonte: Gazeta Centro Sul/Guaíba/Foto: Antônia Teixeira

GuaíbaEm sessão extraordinária realizada no final da tarde de quarta-feira, 2, os vereadores escolheram, por consenso, Fernanda Garcia (PTB) para ocupar o cargo de vice-presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Guaíba, que ficou vago com a renúncia de Juliano Ferreira (PR).

O único voto contrário foi do vereador Ale Alves (PDT).

Os parlamentares chegaram a um acordo, visando a harmonia do Legislativo neste momento de tensão, com o afastamento pela Justiça do presidente Renan Pereira (PTB), bem como mediante compromisso com a oposição de rescisão dos contratos de cinco CCs, aprovados em janeiro deste ano.

Além disso, a Presidência ficou de rever as portarias concedidas no pacote de bondades junto com os novos CCs.

Para o cargo de primeiro secretário, que também estava vago devido à renúncia de Fernanda Garcia na semana passada, foi eleito Florindo Rodrigues dos Santos (PSD).

Ele disputou com João Collares do PDT e venceu por 10 a 4. Florindo salientou que na reunião entre os vereadores, realizada antes da votação, Collares não se apresentou como candidato, o que fez de maneira surpreendente em plenário.

Com o afastamento do presidente, a vice assumiu interinamente a Presidência da Casa no dia 2. A sessão extraordinária foi conduzida pelo vereador Jonas Xavier (PR).

 

Acordo será cumprido

Em entrevista à Gazeta Centro-Sul, no final da sessão de quarta-feira, a vereadora Fernanda Garcia garantiu que irá cumprir o acordo, demitindo os cinco CCs num prazo de 15 dias. Ela afirmou, também, que irá rever as portarias, considerando a necessidade da carga horária de cada servidor.

Indefinição sobre Suplentes

Sobre o afastamento dos vereadores Renan Pereira e Bento Alteneta da Silva (MDB), por até 120 dias (decisão judicial), no dia 26 de abril, a presidente da Câmara Municipal, vereadora Fernanda Garcia, enviou nota de esclarecimento em relação à convocação de suplentes.

Ela destaca que a norma jurídica inscrita no artigo 25, § 1º da Lei Orgânica do Município, e o disposto no artigo 130 do Regimento Interno da Câmara não permitem, em primeiro juízo, a convocação de suplentes para ocuparem os cargos dos vereadores ora afastados.

A vereadora enfatiza que, “com o objetivo de preservar a legalidade dos atos da Mesa Diretora e do Poder Legislativo, será realizada consulta ao Tribunal de Contas do Estado a respeito de eventual obrigação de convocação de suplentes”.

O suplente do Vereador Renan é Sadi Escouto (PTB), e o do Bento, Luís Ernani Alves (Chacrinha - MDB). Tendo em vista que Chacrinha é secretário de Assistência Social, no caso de optar por continuar no cargo, o segundo suplente a ser chamado é Jorge da Farmácia (DEM).

 

 

Tags: Guaiba, Legislativo, online, Tapes, vereadores de Guaíba

Enviar comentário

voltar para Guaiba

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||