Tricolor ficou no 2 a 2 pelo Gauchão 2014

Publicado por Bira Costa em 09/03/2014 às 11h58

Tricolor ficou no 2 a 2 pelo Gauchão 2014

Fonte: http://www.gremio.net/news/view.aspx?id=17140&language=0&news_type_id=4

GrêmioPRIMEIRO TEMPO:


Tínhamos apenas 10 segundos de jogo quando o Tricolor conseguiu sua primeira oportunidade: Lucas Coelho roubou a bola da defesa do São Luiz e arriscou rasteiro, da entrada da área. A bola passou à direita do goleiro Alê.

Na jogada seguinte, Everton abriu espaço na frente da área, pela direita, e só não marcou porque o zagueiro desviou para corner.

O início fulminante foi indício de que o primeiro gol não demoraria a sair.

E ele veio logo no primeiro minuto de jogo: Maxi Rodriguez cobrou escanteio da direita, no meio da área. Saimon apareceu em velocidade e mandou uma bomba, de cabeça, sem chances para Alê!
Grêmio 1 a 0!

Infinitamente superior ao adversário e com total domínio das ações, o Tricolor parecia querer decidir a partida rapidamente, mas futebol tem suas ironias e não demorou para o São Luiz reverter o quadro.

Aos 10 minutos de jogo, sem ter chegado ainda nem perto do gol gremista, os donos da casa conseguiram o empate. Aloísio recebeu na intermediária de ataque. Sem muitas opções, preferiu arriscar o chute. Busatto voou no canto esquerdo, mas levou azar. A bola deu no poste, bateu em suas costas e morreu nas redes.
Improvável empate do São Luiz.

O gol colocou a equipe de Ijuí de volta no jogo e, cinco minutos depois, quase virou a partida em outro lance de sorte: Mattana recebeu na esquerda, levou ao fundo de campo e, mesmo pressionado por Geromel, conseguiu cruzar. A bola tomou um efeito, encobriu Busatto e bateu outra vez no poste esquerdo. Desta vez, Breno conseguiu mandar para escanteio. Que coisa!

Aos 20 minutos, outra vez Mattana levando perigo: ele recebeu atrás da zaga, pela direita, girou o corpo e chutou cruzado. A bola saiu à direita de Busatto.

Aos 34, foi a vez de Mateus arriscar de longa distância. A bola viajou, encobriu Busatto e quase surpreendeu: passou rente ao travessão.

A resposta gremista foi imediata e, no contra-ataque, voltou a passar a frente no marcador: Everton recebeu longo lançamento atrás da zaga e invadiu a área em velocidade. Ele tentou tirar o goleiro Alê, que conseguiu defender com o corpo. Mas o rebote caiu nos pés de Yuri Mamute. Bem colocado, ele apenas empurrou pro gol vazio!
Grêmio 2 a 1!

Aos 42 minutos, Moises cobrou falta do lado esquerdo, pela intermediária: Lucas Coelho desviou de cabeça na marca do pênalti, mas Alê fez a defesa. Desta vez, sem rebote.

Foi o último lance de uma primeira etapa bastante movimentada.


SEGUNDO TEMPO:


O Tricolor voltou sem modificações para etapa final.

Logo aos 7 minutos, Maxi Rodriguez recebeu livre na intermediária, avançou e chutou rasteiro, no canto esquerdo. A bola desviou na zaga e passou perto do poste. Alê se esticou, mas não evitou o escanteio.

Dois minutos depois, Léo Gago levou perigo de bola parada: de muito longe, ele pegou forte obrigando Alê a fazer grande defesa no ângulo esquerdo. Paulada!

Aos 22 minutos, o Tricolor mudou pela primeira vez: o auxiliar Luís Fernando Rosa Flores colocou Jean Deretti no lugar de Yuri Mamute.

No minuto 30, após uma falta sobre Everton ao lado da área, o lateral Junior Barbosa recebeu cartão vermelho após forte reclamação. Ele nem tinha amarelo.

Quatro minutos depois, o Tricolor criou oportunidade clara para ampliar: Everton roubou a bola da defesa ao lado da área, pela esquerda. Maxi Rodriguez pegou a sobra, invadiu livre e chutou forte. Alê fez uma grande defesa. No rebote, Jean Deretti meteu a cabeça, mas a bola subiu demais, por sobre o travessão! Que lance!

Aos 37, o Tricolor mudou em duas posições: entraram Everaldo e Guilherme Biteco nos lugares de Lucas Coelho e Maxi Rodriguez, respectivamente.

Três minutos depois, Biteco recebeu de Saimon e fez o passe perfeito deixando Everton em condições de marcar. O garoto invadiu a área pela direita, mas chutou por cima do travessão na saída do goleiro! Era pra matar o jogo!

Ninguém esperava, mas as oportunidades desperdiçadas fariam falta no final.

Aos 43 minutos, quando tudo se encaminhava para mais uma vitória gremista, o São Luiz achou seu gol de empate: Adilson Bahia recebeu livre na esquerda, ao lado da área. Sem muito o que fazer, chutou rasteiro, forte, pra dentro da área. Pedro Geromel se antecipou ao atacante Fábio Alemão e desviou pra dentro de sua própria meta. Uma infelicidade do zagueiro gremista.
Empate em 2 a 2.

Geromel ainda teve a oportunidade de se redimir no lance seguinte: ele driblou o zagueiro dentro da área, e mandou colocado, buscando o ângulo direito. A bola passou muito perto. Por detalhe.

No apito final, o torcedor do São Luiz comemorou o resultado injusto.

Categoria: Grêmio
Tags: Gauchão, Grêmio, online, São Luiz, Tapes

Enviar comentário

voltar para Esporte

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||