Time B buscou empate de 1 a 1 com o Brasil no Bento Freitas

Publicado por Bira Costa em 30/01/2014 às 13h53

Time B buscou empate de 1 a 1 com o Brasil no Bento Freitas

Fonte: http://www.gremio.net/news/view.aspx?id=17035&language=0&news_type_id=4

GrêmioPRIMEIRO TEMPO:


O jogo mal tinha começado quando o Brasil de Pelotas, empurrado por sua torcida, abriu o marcador logo aos 5 minutos.

Gustavo Papa pegou uma sobra na entrada da área e bateu bico na bola. Ela desviou na zaga gremista e entrou no canto esquerdo de Follmann. 
Brasil 1 a 0.

Os donos da casa voltaram à carga aos 14 minutos. Gustavo Papa brigou dentro da área, pela direita, e conseguiu fazer o passe para Washington, que chutou forte, por sobre o travessão.

O Tricolor buscava tocar a bola para chegar ao ataque, mas o Brasil dificultava as ações adiantando a marcação.

Aos 30 minutos, após contra-ataque, Tulio Souza cruzou da direita na cabeça de Gustavo Papa, que mandou colocado, mas encobriu o travessão. Quase o segundo do Xavante.

Dois minutos depois, o Tricolor chegou com perigo pela primeira vez na partida. Canhoto cobrou escanteio da direita e Rafael Thyere desviou de cabeça, no canto direito. O goleiro Luiz Müller só olhou e a bola saiu.

Aos 35, após cobrança de lateral da esquerda, Gustavo Papa desviou de cabeça. Alex Amado ganhou de Cleylton e chutou colocado. O zagueiro gremista se recuperou e conseguiu desviar. A bola passou rente ao ângulo esquerdo de Follmann para escanteio.

No minuto 41, Breno foi derrubado quase sobre a linha da área, pela esquerda. Everaldo cobrou forte, alto, no meio do gol. Luiz Müller afastou o perigo espalmando e tirando da área.

Foi o último lance da primeira etapa.


SEGUNDO TEMPO:


O Tricolor retornou com modificação para a etapa final. O técnico Marcelo Mabília trocou o volante Matheus Barbosa pelo atacante Everton para tornar a equipe mais ofensiva em busca do empate.

Mas foi o Brasil que criou a primeira oportunidade aos 5 minutos: Alex Amado fez boa jogada pela esquerda e deu para Cleiton, na meia-lua. Ele mandou colocado e a bola passou rente ao poste esquerdo de Follmann.

O Grêmio respondeu três minutos depois: Everton fez jogada individual pela esquerda, abriu espaço e chutou de fora da área. A bola bateu na grama antes de chegar ao gol dificultando a defesa em dois tempos de Luiz Müller.

O Tricolor visivelmente melhorou na partida, mas ainda assim encointrava dificuldades para chegar ao gol.

Aos 18 minutos, Mabília colocou em campo Felipe Ferreira no lugar de Canhoto.

Logo em seguida, aos 21, após bola erguida na área gremista, Gustavo Papa só raspou de cabeça e deixou Alex Amado na cara do gol. O atacante tentou tirar de Follmann, mas o goleiro gremista fechou o ângulo e fez grande defesa salvando o Tricolor.

No lance seguinte, outra vez Alex Amado apareceu na frente de Follmann, pela esquerda. Ele invadiu a área, mas chutou fraco. Follmann fez a defesa.

O Brasil perdeu duas chances de matar o jogo, mas o Grêmio conseguiu empatar em sua primeira oportunidade na etapa final. Aos 25 minutos, Everton puxou contra-ataque e lançou Luan, entrando na área atrás da zaga. O jovem atacante gremista esbanjou tranquilidade. Esperou a saída de Luiz Müller e deu o leve toque, por cobertura. Golaço!
Empate gremista no Bento Freitas!

Logo em seguida, Mabília promoveu a última modificação do Tricolor na partida: ele colocou Jeferson no lugar de Moisés.

O gol deu moral ao time gremista, que cresceu na partida. Por outro lado, o Brasil sentiu e caiu de produção. Nas arquibancadas, a torcida xavante, sempre tão participativa, esmoreceu.

Apesar do quadro positivo que se apresentou após o empate, o Tricolor não conseguiu chegar à virada.

Aos 42 minutos, Nena meteu a cabeça dentro da área gremista procurando o canto direito, mas Follmann se esticou e fez grande defesa salvando o Tricolor outra vez.

Já nos descontos, o Brasil teve a chance de bola parada na entrada da área gremista. Rafael Forster soltou a bomba, mas mandou por sobre o travessão.

Aos 48 minutos, quando tudo parecia decidido, o árbitro marcou penalidade de Guilherme Amorim sobra Márcio Hahn e ainda expulsou o jogador gremista.

O camisa 6 do Xavante, Rafael Forster, ajeitou a bola e chutou forte, buscando o ângulo direito de Follmann. Ela subiu demais e passou por sobre o travessão, pra fora!

No apito final, o empate acabou sendo considerado um ótimo resultado pelas circunstâncias.

O Tricolor volta a campo pelo estadual no próximo domingo enfrentando o Juventude, em Caxias do Sul, atuando com seu time principal.

Categoria: Grêmio
Tags: Brasil de Pelotas, Gauchão, Grêmio, online, Tapes

Enviar comentário

voltar para Esporte

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||