Atleta de Tapes leva o ouro no Brasileiro de Muaythai no Rio

Publicado por Bira Costa em 29/09/2014 às 16h12

Especial Online

Fotos: Renata Pereira Klein/divulgação

A atleta de Muaythai tradicional, Renata Pereira Klein, de 17 anos, de Tapes conquistou na última semana, no Rio de Janeiro, na cidade de Niterói, dentro do Campeonato Brasileiro de Muaythai, a medalha de ouro na categoria júnior para atletas com até 48 quilos, quando venceu nos dois primeiros round´s, sua adversária, uma gaúcha de Porto Alegre, dentro dos três round´s previstos.

Ela e seus colegas competidores de Tapes estavam junto com a Delegação Gaúcha de Muaythai, composta por cerca de 47 competidores de várias cidades, sobretudo, representando também sua equipe a Priebe Team de Muathai Tradicional, do instrutor, Guilherme Priebe, que ministra aulas todas as semanas junto à Academia Corpo em Ação.

O grupo que esteve na cidade carioca, foi composto por outros três lutadores, sendo três delas meninas e um jovem de Arambaré. A jovem Renata Klein é sonhadora e, como praticante de muaythai e atleta desenvolve esta arte há apenas oito meses. Ela sonha alto e, quer ir mais adiante no esporte, como figurar nas grandes competições dos Grand Prix, onde pretende conquistar desta feita os desejados cinturões.

Mas já com esta vitória, ela que agora ostenta uma medalha em nível nacional, ficou habilitada, além de tudo, em ter seu passaporte carimbado para competir no Mundial em 2016, que levará atletas brasileiros à Tailândia, a terra onde nasceu este esporte.

Renata e seus colegas da Priebe Team são ligados à Confederação Brasileira de Muaythai Tradicional (CBMTT), cujo Mestre e Superintendente técnico é Carlos Camacho.

O Portal Online conversou com, exclusividade, com Renata Pereira Klein, e, nesta entrevista, ela se apresenta ao público do esporte, contando um pouco mais de si, desta competição e de suas aspirações pessoais e profissionais.

 

Online: Você nasceu em qual cidade e quem são seus pais?

Renata Pereira Klein: Nasci em Tapes. Sou filha de Renato Klumb e Denize Pereira

Online: Estuda em qual escola, e se tem pretensões de alguma carreira profissional, ou no esporte ou mesmo em alguma área técnica?

Renata: Estudo na Escola I.E.E Cel. Patrício Vieira Rodrigues, curso terceiro ano do ensino médio. Ainda não decidi minha profissão mais penso em fazer psicologia, educação física ou designer.

Online: Desde quando você entrou no Muaythai?

Renata: Pratico Muaythai há 8 meses.

Online: Por que buscou esta modalidade de arte marcial e quais benefícios que você tem tido com este esporte?

Renata: Na verdade fui acompanhar minha irmã, Alais Brenda, e acabei fazendo uma aula experimental onde acabei gostando e praticando com mais sequência. A partir disso treinar acabou se tornando meu dia a dia, e não sei viver mais sem este esporte. O muaythai tem me trazido condicionamento físico e mental.

Online: Onde você treina e como é a participação das mulheres nisso, há algum preconceito, enfim, algo do tipo?

Renata: Onde treino há mais mulheres do que homens e não existe nenhum preconceito.

Online: Você já havia competido antes? onde foi e, como foram os resultados?

Renata: Nunca havia competido, essa foi à minha primeira de muitas vezes e espero que os resultados sejam os melhores.

Online: Como surgiu esta competição e como foi o teu preparo?

Renata: Essa competição surgiu através do Campeonato Gaúcho no qual eu iria lutar mas, por problemas, não pude estar e através do meu potencial fui selecionada pelo professor, o qual me encaminhou para os treinos da Seleção Gaúcha. Meu preparo para o campeonato foi de dois meses onde passei a treinar em Tapes, na minha equipe, em Arambaré e, nos finais de semana junto com a Seleção Gaúcha, em Porto Alegre.

Online: Como foi a tua luta, quais as dificuldades encontradas?

Renata: Lutei na categoria de 48 quilos, categoria júnior e minha luta foram de três round´s, não tive dificuldades.

Online: Qual a satisfação de ter vencido numa competição tão grande importância?

Renata: A satisfação é enorme em representar o Estado e minha equipe. É uma honra por qual lutei e sempre vou lutar: o orgulho é maior que tudo.

Online: Quais os teus sonhos?

Renata: Tenho muitos sonhos mais um deles é lutar no World Grand Prix.

Online: Como pretende administrar, agora, esta medalha de ouro, aumenta a responsabilidade na luta e na preparação?

Renata: A responsabilidade sempre aumenta e sempre deve haver. Pretendo administrar minha medalha  com mais garra, dedicação, foco, fé, força, para chegar quem sabe um dia em ser uma profissional e evoluir de medalha para troféus e cinturões.

Online: Por fim, você recomenda a outras pessoas a entrarem no esporte e no Muaythai?

Renata: Eu amo Muaythai. Recomendo o muaythai para todos, pois traz ótimos benefícios e ajuda no condicionamento mental físico, além de trazer benefícios ótimos como perca de peso e corpo modelado.

Categoria: Municipais
Tags: Esportes, Muaythai, online, Renata Pereira Klein, Tapes

Enviar comentário

voltar para Esporte

left normalcase show fsN tsN fwR|left tsN fwB b03s bsd|left fwR show tsN center|c05||image-wrap|login news b01 fwB tsN fwR tsY c10 bsd|normalcase tsN c05 sbss|normalcase c10|login news b01 normalcase c05 c10 bsd|tsN normalcase c05 sbss|signup|content-inner||